Paysandu vence Oeste no último minuto e segue vivo na Série B



Depois de oito rodadas sem conhecer um triunfo, com cinco empates e quatro derrotas, o Paysandu finalmente conseguiu uma vitória. Na noite desta terça-feira, encerrando a 35ª rodada da Série B, o Papão recebeu o Oeste, no Estádio da Curuzu, no Pará, e venceu por 4 a 3. A partida foi muito disputada e decidida apenas no último minuto, com gol salvador do zagueiro Diego Ivo.

Precisando da vitória para continuar na luta contra o rebaixamento, os comandados de João Brigatti lutaram durante todo o jogo e foram recompensados. Agora, o Paysandu segue vivo na Série B. A equipe chega aos 37 pontos, continua na 17ª colocação e fica a quatro pontos do CRB, primeira equipe fora do Z4.

Do outro lado, o Oeste, que vinha de uma sequência de oito jogos de invencibilidade, com sete empates e uma vitória, perde o jogo, mas ainda continua longe da incômoda zona. A equipe estaciona na 13ª posição, com 44 pontos.

Na próxima roda, o Paysandu visita o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, no sábado, dia 10, às 21h (de Brasília). Já o Oeste recebe o Londrina, na Arena Barueri, no mesmo dia, às 17h (de Brasília).

O jogo

Em seu primeiro ataque, aos 6 minutos do primeiro tempo, o Papão abriu o placar, com Magno. O lateral-esquerdo Guilherme Alves cruzou na área pela esquerda, Hugo Almeida recebeu a bola e ajeitou para o atacante, que chutou da entrada da área e balançou as redes.

O time paulista respondeu aos 11 minutos da etapa inicial, com Lídio. O volante bateu colocado de fora da área e obrigou Tadeu a fazer uma boa defesa.

Menos de quatro minutos depois, a equipe da casa teve uma boa oportunidade, com Hugo Almeida. Mike avançou em velocidade pelo lado direito e cruzou rasteiro. O atacante, dentro da grande área, desviou e a bola foi por cima do gol.

Aos 27 minutos da primeira etapa, o Oeste teve uma ótima chance de empatar o marcador, com Ceará. Rodrigo Souza cruzou e o meia cabeceou firme, porém o goleiro Renan Rocha fez uma brilhante defesa.

Os mandantes tiveram mais uma oportunidade de ampliar o marcador, aos 40 minutos do primeiro tempo, com Hugo Almeida. O atacante pegou uma sobra de bola na pequena área e chutou rasteiro, contudo Tadeu fez uma defesa segura.

Menos de três minutos depois, aos 43 minutos, o Rubrão igualou o marcador, com Patrick. Em cobrança de falta ensaiada, o zagueiro acertou uma bomba rasteira e marcou o gol de empate dos visitantes.

No último minuto da etapa inicial, aos 46 minutos, os comandados de Brigatti quase voltaram a frente do placar, com Diego Ivo. O lateral-direita Maicon Silva levantou a bola na área e o zagueiro cabeceou firme, porém a bola raspou a trave e saiu pela linha de fundo.

Já na segunda etapa, o Paysandu começou melhor e conseguiu um bom lance aos 11 minutos, com Renato Augusto. Depois de cobrança de escanteio de Pedro Carmona, o volante subiu sozinho e cabeceou, porém o goleiro Tadeu fez mais um boa defesa na partida.

Quatro minutos depois, aos 15 minutos, o Papão quase marcou o segundo, com Mike. O atacante bateu colocado de fora da área e a bola raspou a trave adversária.

A equipe paraense voltou a frente do placar aos 26 minutos da etapa final, com Pedro Carmona. O lateral-direito Maicon Silva cruzou na medida para o meia, que cabeceou forte e fez o segundo do Papão.

O Oeste voltou a igualar o marcador aos 30 minutos do segundo tempo, com Ceará. Em ótima jogada individual, o meia invadiu a grande área e chutou cruzado para fazer o segundo dos visitantes.

Os comandados de João Brigatti conseguiram marcar o terceiro e voltar a frente do placar, novamente com Magno. O atacante recebeu bom cruzamento de Pedro Carmona e testou firme para o fundo das redes.

O placar voltou novamente a ficar igualado aos 42 minutos do segundo tempo, com Raphael Luz. O atacante Bruno Lopes cruzou e o meia cabeceou livre para marcar o terceiro do Rubrão.

No último minuto da etapa final, aos 47 minutos, o Papão marcou o gol da vitória, com Diego Ivo. O zagueiro aproveitou ótima cobrança de escanteio de Pedro Carmona e cabeceou firme para o fundo da meta do Rubrão.

DOL
07/11/2018

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.