Castanhal e Paysandu ficam no 0 a 0 e na bronca com o gramado pesado



Para o Paysandu era a primeira partida fora de casa. Para o Castanhal, a recuperação de três pontos dentro de casa. Porém, o jogo entre as equipes neste domingo (10), no Modelão, pela terceira rodada do Parazão, não teve nenhum gol.

Antes da partida começar, a chuva castigou Castanhal, deixando o gramado encharcado, o que já previa um jogo difícil, para o Papão bem mais. E foi exatamente isso que ocorreu.

O jogo começou bem monótono, até que os adversários começaram a criar mais oportunidades. O Paysandu dominou o fim da primeira etapa de jogo e subiu sua marcação.

“Agora é pensar no Remo, um jogo muito importante. Vamos trabalhar ao longo da semana. O gramado dificultou um pouco, o toque de bola. Mas já passou”, avaliou Caion.

O segundo tempo foi mais parecido entre as equipes. Os dois tiveram lances perigosos, mesmo que o Bicola tenha levado mais perigo ao adversário. As oportunidades foram mais niveladas e o Castanhal passou a dar mais trabalho ao Paysandu.

“Criamos oportunidades, mas não conseguimos definir no gol. Tivemos uma bola na trave”, disse Romarinho.

Ao fim da partida, o técnico João Brigatti reclamou bastante da situação do estádio Modelão, do gramado, da falta de água, entre outras coisas.

DOL
11/02/2019

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.