Gluck Paul despista sobre contratações no Paysandu



O presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, que ficou de retornar ontem à noite de São Paulo, negou à reportagem que tenha tratado de contratações para o clube em sua ida a região Sudeste. “A minha vinda pra cá não tem nada a ver com isso. Essa questão de contratações está sendo tratada em Belém, com o Léo Condé à frente”, garantiu o dirigente. Ele afirmou, porém, que o clube vem tratando da montagem do elenco para a Série C do Brasileiro de maneira intensiva.

“Estamos trabalhando direto nisso aí”, disse. Gluck Paul se negou a falar em números de contratados, contrariando a expectativa de que o clube estaria disposto a trazer, no mínimo, sete novos jogadores para a Curuzu. “Vamos contratar o quanto for necessário. É ruim falar disso agora, pois cria uma expectativa. A gente tem um planejamento que não é de agora, mas que vem lá de trás”, argumentou. O presidente ressaltou que antes mesmo do início do Estadual já havia a intenção por parte da diretoria de melhorar o nível técnico do elenco do clube para o Brasileiro.

“Sempre disse desde lá atrás que quando chegasse a Série C reforçaríamos o elenco”, recordou. O dirigente também negou que o clube tenha fechado a contratação do atacante Pimentinha, como chegou a ser divulgado pelo empresário do atleta, na semana passada. “Nem sei quem é o empresário do jogador”, contou. A viagem a São Paulo, segundo revelou o dirigente teve como propósito fechar um acordo para o lançamento de um novo produto do clube. “É um negócio próprio do Paysandu para ampliar a receita alternativa do clube. Não tem nada ver com a marca Lobo”, resumiu Gluck Paul, se negando a dar mais detalhes.

DOL
11/04/2019

2 comentários:

  1. A "novos rumos" esta sem rumo não sabe para onde vai. Pior, que essa panelinha fora de campo trabalho que é uma maravilha, agora dentro de campo é uma lástima. Nós torcedores estamos sofrendo demais. Queremos titulos.

    ResponderExcluir
  2. Só quer saber de mais produto, para enganar o pobre do torcedor com preço nas alturas, achando que alguém vai comprar algo, se o time não corresponder dentro de campo.
    Presidente, bote uma coisa na sua cabeça, de uma vez por todas: vão vender até pedra, com as cores do Papão, desde que o time esteja ganhando em campo, entendeu? Ou quer que desenhe?

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.