Papão precisa se recuperar em uma dura sequência de 3 jogos fora de casa



Num momento em que o vento sopra desfavorável ao time, o Paysandu, que vem da perda da liderança do Grupo B da Série C do Brasileiro, ao cair, em casa, frente ao Juventude-RS, terá uma sequência de três jogos fora de casa para tentar se redimir diante da Fiel. Serão duas partidas pela Terceirona, contra o Volta Redonda-RJ e o Boa Esporte-MG, intercalados pela estreia da equipe nas oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Internacional-RS. No retorno a Belém, o Papão pega de novo o Inter, na partida de volta pelo torneio nacional. Uma maratona de cão a ser enfrentada pelos bicolores em onze dias.

Desde o final do jogo do último sábado (11), quando o time deixou escapar os 100% de aproveitamento que tinha na Série C e, consequentemente, a liderança do grupo e geral da competição, o técnico Léo Condé já bate cabeça debruçado sobre os planos para os jogos de domingo (19), contra o Volta, quinta-feira (23) frente ao Inter, e domingo (26), contra o Boa. A partida de volta diante do Colorado, marcada para a quarta-feira (29), só deverá entrar na pauta do treinador no retorno da equipe a Belém.

Condé ainda não se manifestou sobre como pretende agir na montagem do time para a sequência de jogos. Contudo, é provável que ele faça alternâncias na formação da equipe, poupando este ou aquele atleta em uma e outra partida. O técnico dispõe de 34 jogadores no elenco do clube, sendo que quatro não estão inscritos nas competições. O caso do volante Wellington Reis é diferente. O atleta, além de estar lesionado, é um dos recém-contratados, mas não poderá enfrentar o Inter por ter disputado o torneio pelo Vila Nova-GO.

Como tem alguns dos novatos que ainda não estrearam pelo time, é possível que o treinador lance mão desses atletas nas partidas. A exceção é o volante Uchôa, que, segundo o técnico, passará pelo período de transição, ao retornar de Belo Horizonte, onde teria ido ver o filho recém-nascido. Condé adiantou que a prioridade bicolor é a participação do time na Série C, sem, porém, desvalorizar a inclusão bicolor na Copa BR.

“Claro que o nosso foco é a Série C, de retomar o Paysandu para a Série B. Mas a Copa do Brasil tem sua importância”, declarou Condé. Ele falou ainda sobre sua expectativa para a estreia no torneio. “A gente espera realizar uma boa primeira partida em Porto Alegre e trazer a decisão para casa. Com o apoio do torcedor, no jogo da volta, é difícil, mas não impossível conseguir a classificação”, arrematou o treinador.

DOL
14/05/2019

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.